Notícias

27/10/2015. O Porjeto GILearn está a chegar ao fim.

No final do mês de Outubro irá decorrer a ultima reunião do Projecto GILearn na sede na AINIA, em Valencia. O objectivo da reunião será fazer um balanço e reunir as últimas conclusões do projeto. Na agenda da reunião está uma última revisão da avaliação feita pelos participantes do curso, em cada país, compilada e analisada pelo respectivo parceiro do projeto. Espera-se que no final da reunião fiquem definidas as principais conclusões e possíveis melhorias a serem implementadas em próximas versões do curso. Os próximos passos do projeto GILeran serão também definidos com enfoque na sustentabilidade e exploração dos resultados do mesmo.

12/10/2015. GILearn esteve presente na EXPO 2015 em Milão, na “World General Assembly of Geographical Indications”

O projeto GILearn foi apresentado no evento “World General Assembly of Geographical Indications” que teve lugar no dia 12 de outubro, no Padiglione Italia, na EXPO 2015 em Milão. O evento foi promovido pelo Ministério das Políticas Agrícolas italiano. Durante o evento, as principais organizações internacionais e os stakeholdres discutiram as questões mais importantes sobre a análise das tendências e desenvolvimentos ao nível da classificação de produtos com indicações geográficas. O evento representou uma importante oportunidade para apresentar o projeto GILearn a um público internacional.

23/09/2015. GILearn esteve presente na 37ª reunião do AGROFOOD SECTOR GROUP.

Nos dias 23 e 24 de Setembro de 2015 realizou-se a reunião Agrofood Sector Group, em Wroclaw, na Polónia. O tema específico abordado durante a reunião foi a alimentação saudável, incluindo alimentação eco, alimentos funcionais e produtos tradicionais. Durante o encontro foi feita uma breve apresentação do objetivo, metodologia e os principais resultados do Projeto GILearn. Esta apresentação inseriu-se na seção no programa Innovation II: Learning from my colleagues & sharing experiences tendo sido feita por Julio Carreras (Ainia), coordenador do grupo. O Agrofood Sector Group reúne especialistas provenientes de regiões com elevado número de empresas agroalimentares. O objectivo é ajudar as PME do setor a inovar e crescer internacionalmente.
O Agrofood Sector Grupo pertence ao Enterprise Europe Network cujo objectivo é ajudar as pequenas e médias empresas a aproveitar ao máximo as oportunidades de negócios na UE e mais além.

04/09/2015. GILearn esteve presente no 11th Pangborn Sensory Science Symposium

Entre 23 e 27 de Agosto de 2015 realizou-se o 11º Pangborn Sensory Science Symposium em Gotemburgo, Suécia. Esta é a reunião mais importante na área das Ciências Sensoriais. Este evento reúne cientistas, estudantes, patrocinadores e empresas facilitando novos contactos os quais levam geralmente a novas colaborações e novas redes. O poster Consumers’ knowledge on protected designation of origin of food products – a cross cultural study mostrou os principais resultados obtidos na tarefa do projeto. Poderá consultar o poster na secção Documentos (public deliverable reports) do wesite.

03/09/2015. CURSO PILOTO EM FRANCÊS

Com inicio marcado para o dia 7 de Setembro o curso GILearn para o público francês tem número limitado de vagas dado o seu caráter piloto.

Tal como em outras versões, trata-se de um curso e-leraning que tem como objetivo transmitir o valor de produtos alimentares com Indicação Geográfica, destinado ao público em geral. Caso pretenda saber mais sobre a metodologia, os conteúdos ou outras informações associadas, por favor, clique aqui.

27/07/2015. Implementação do curso em Itália

O curso de Formação de Consumidores sobre Produtos com Indicação Geográfica em Itália, baseado em e-learning, atingiu um sucesso em termos de participação e interação dos estagiários que participaram no piloto.
36 dos 45 participantes admitidos seguiu as atividades, incluinda a última parte do programa focado na degustação guiada dos presuntos DOP italianos selecionados como amostras para análise sensorial. A fim de permitir que os formandos pudessem conduzir a degustação guiada autónoma, um "kit de degustação" contendo amostras dos presuntos DOP selecionados foi fornecido pela organização do projeto para cada participante. Atualmente, os participantes estão a partilhar comentários e sentimentos sobre a sua experiência de degustação no fórum e através de e-mails, mostrando como a formação e-learning pode ser um formato eficaz e útil para melhorar o conhecimento dos consumidores sobre o tema da qualidade alimentar em relação aos produtos com indicação geográfica.

24/07/2015. Curso Piloto de Formação de Consumidores sobre Produtos com Indicação Geográfica em Portugal - Queijo
O Curso Piloto de Formação de Consumidores sobre Produtos com Indicação Geográfica suscitou um interesse significativo nos diferentes segmentos de consumidores, um resultado interessante para um curso em fase de validação da sua concepção e desenvolvimento. A implementação do curso num formato de curso aberto, seguindo uma metodologia blended-learning e baseado na plataforma Moodle incluiu uma sessão de degustação guiada bastante participada, nas

instalações do laboratório de análise sensorial da UCP ESB - Porto.
Mais de 30 participantes inscritos seguiram os vários tópicos do curso. O curso tem um foco especial em queijos IG portugueses que foram selecionados a partir de diferentes origens em todo o país, incluindo as ilhas. Um desafio a ser enfrentado pela oferta do Curso está relacionada com o grande valor da experiência presencil de aprendizagem: a sessão de degustação guiada. Esta deve ter um número mais limitado de participantes para ser o mais eficaz possível. O projeto do curso e a sua especificação foi aceite para uma comunicação na maior conferência mundial sobre estudo do consumidor e análise sensorial, Pangborn, que terá lugar neste mês de agosto na Suécia.

24/07/2015. Formação de Consumidores sobre Produtos com Indicação Geográfica corresponde a uma necessidade estratégica em Portugal

O curso de Formação de Consumidores sobre Produtos com Indicação Geográfica foi um grande sucesso e suscitou um interesse significativo nos diferentes stakeholders. O curso e o contexto do projeto GILearn, foram anunciados em diferentes meios de comunicação (web, social, vídeo, rollups, etc.) e diferentes canais (web, especializadas, presenciais, etc.) e em eventos diferentes: seminário sobre o comportamento do consumidor, sessões sobre a qualidade dos alimentos e a segurança alimentar, o desenvolvimento regional,..). A valorização dos produtos alimentares endógenos está alinhado com a principal prioridade de desenvolvimento estratégico para a Região Norte de Portugal - Investigação e Estratégias de Inovação para a especialização inteligente (RIS3), e também para outras regiões, associada ao agro-alimentar, produtos e setores. E em particular especialidades locais que podem desempenhar um papel chave no desenvolvimento local, na competitividade dos territórios, na contribuição para qualificar a oferta turística e os recursos de produtos alimentares para exportação (associados a valores de identidade cultural e regional intrínsecas).

15/07/2015. Implementação do Curso piloto na Finlândia

A implementação do curso baseado na plataforma Moodle terminou na Finlândia, em maio. Os participantes, principalmente da JAMK Universidade de Ciências Aplicadas - Jyväskylä, estão agora em férias e são necessárias mais informações a a ser recolhidas em agosto. Luke (FIN) também assegurará uma apresentação, a 29-31 de Agosto na Dinamarca, em Nyborg, na reunião anual do NMKLs (Comité Nórdico de Análises Alimentares) com base na componente de avaliação sensorial, concebida e testada no Curso piloto para Consumidores sobre Produtos com IG.

18/06/2015. Experiência do Curso piloto em Espanha

O piloto do curso terminou em 18 de junho na Espanha. Foi desenvolvido sem incidências e com uma participação activa por parte dos alunos, que interagiram através do fórum, colocando dúvidas e partilhando as suas opiniões sobre os diferentes aspectos do curso. A degustação on-line foi considerada muito interessante e, em termos gerais, o curso foi considerado como altamente satisfatório. A participação na prova presencial foi também extremamente útil. Ao todo, o curso foi considerado muito bem valorizado.

15/06/2015. GILearn esteve presente na EXPO 2015, em Milão, no encontro "Ponto de Situação sobre os Produtos com Indicação Geográfica em Itália"

No dia 15 de Junho, a reunião "Stati Generali delle Indicazioni Geografiche Italiane" promovido pelo Ministério das Políticas Agrícolas italiana teve lugar no "Padiglione Italia" na EXPO 2015 em Milão. Durante o encontro os principais temas relativos à análise das tendências e desenvolvimentos do sector dos Produtos com Indicação Geográfica (IG) italianos foram discutidas na presença do Ministério das Políticas Agrícolas e com a participação das principais partes interessadas. Qualivita participou apresentando a nova edição do "Qualivita Atlas" de produtos IG Italianos. GILearn estava presente no evento entregando os materiais de divulgação para mais de 200 participantes.


27/04/2015 – Implementação do curso piloto em Portugal

O Módulo I “Introdução aos DOP” destinado a consumidores iniciou-se em Portugal a 27 de Abril. Iniciou-se com a apresentação presencial dos participantes com o objectivo de os motivar para  o programa de aprendizagem on line, baseado na plataforma Moodle e que decorrerá ao longo das semanas seguintes. Em Portugal, o Modulo II do curso vai focar os queijos portugueses com denominação de origem representando as diferentes regiões de Portugal continental e ilhas. Apesar de bastante apreciados, as características destes queijos não estão convenientemente disseminadas, quer a nível dos consumidores portugueses, europeus ou internacionais.
O Curso terá o apoio da Associação Nacional dos Industriais de Lacticinios (ANIL) e da Associação Nacional de Criadores de Ovinos da Serra da Estrela (ANCOSE), que representa os produtores de uma dos mais emblemáticos queijos de Portugal – o Queijo da Serra.

16/04/2015 - Workshop para entidades reguladoras de produtos com indicação geográfica.

O projeto GILearn foi apresentado no âmbito do workshop “Sensory Tools for Responsible tasting panel Regulatory Boards” organizado pela AINIA em Madrid. Cerca de 30 entidades incluindo fundações e órgãos reguladores pertencentes à Entidade Nacional de Acreditação (ENAC) participaram neste workshop. O objectivo deste evento foi apresentar ferramentas de avaliação sensorial bem como os requisitos da Norma 17025, explicitando a importância dos painéis de provadores nos produtos com indicação de origem. Apresentaram-se as ferramentas para a constituição de painéis de provadores, percorrendo todas as fases – selecção, treino e controlo da qualidade – acrescido do desenvolvimento dos registos necessários.

16/04/2015 – Implementação do curso pilote em Itália.

O Módulo I “Intordução aos DOP” destinado a consumidores iniciou-se em Itália a 16 de Abril. Graças a uma campanha de divulgação alargada, promovida pela Fundação Qualivita - incluiu uma edição especial da sua newsletter, uma campanha no Facebook e o envolvimento de centros especializados de formação em alimentação e gastronomia – mais de 80 pedidos de participação foram solicitados. Foram seleccionados 45 os quais iniciaram o curso. O Modulo II dedicado à prova orientada irá decorrer na última semana de Maio e serão avaliados 6 fiambres com denominação de origem.

14/04/2015 - Implementação do curso piloto em Espanha

A implementação do Módulo I “Introdução aos DOP” destinado a consumidores iniciou-se em Espanha a 14 de Abril. Esta primeira parte do curso apresenta uma estrutura comum a todos os cursos dos restantes países parceiros sendo que a segunda parte foca um produto especifico de cada país, o azeite em Espanha. Deste modo, os participantes realizarão uma prova orientada com 6 azeites com indicação de origem que representam diferentes zonas de produção de Espanha.

13/03/2015 – Implementação do curso piloto na Finlandia.

A implementação do curso na plataforma Moodle iniciou a 13 de Março na Finlandia, um dos países parceiros do projeto. Arrancou com a apresentação de cada participante e das suas motivações para a participação e com um teste básico de aferição de conhecimentos. Em cada semana apresenta-se um novo tópico, são disponibilizadas as respectivas FAQ´s e é aplicado um pequeno questionário aos participantes. O tutor finlandês acompanhou diariamente o desenvolvimento do curso, encorajando e apoiando os participantes nas actividades propostas, informando também os tutores dos outros países. Seguiu-se a aberturado Módulo II, sobre o produto finlandês com indicação de origem. No dia 27 de Março decorreu a prova orientada do produto finlandês – carne de rena. A maioria dos participantes são da Universidade de Ciências Aplicadas, Jyväskylä.

05/03/2015 - Próximo passo: Primavera 2015 – marque na Agenda o início da primeira Edição do Curso

A equipa do projeto GILearn vai lançar as primeiras edições dos cursos inovadores orientados para consumidores com base em produtos com denominação de origem locais, que irão aumentar a sua consciência sobre o valor e diferenciação dos produtos, nomeadamente no que diz respeito a suas características sensoriais.

01/02/2015 – Melhorar o conhecimento sobre produtos com denominação de origem e indicação geográfica para promover o seu valor – Mauro Rosati, Diretor Geral da Fundação Qualivita.

Os produtos com denominação de origem e indicação geográfica reconhecidos na EU constituem um património de mais de 1250 produtos (dados de 2014). Atualmente este sistema europeu de classificação de produtos enfrenta novos desafios: promoção da sustentabilidade ambiental, social e económica dos processos de produção agrícolas e alimentar. Uma componente importante é melhorar o conhecimento do consumidor deste tipo de produtos. De acordo com os resultados do estudo “Atitudes dos europeus em relação à segurança alimentar, qualidade dos alimentos e do meio rural” (Eurobarómetro, 2012), apenas 15% dos europeus são sensíveis aos selos de qualidade, confirmando que há uma enorme lacuna de informação e conhecimento. Foram encontrados resultados semelhantes no âmbito do Projeto GILearn. Os grupos de discussão constituídos por consumidores de cada pais parceiro mostrou que quanto maior o nível de conhecimento dos produtos com indicação geográfica, maior a predisposição para incluírem esses produtos nos seus hábitos alimentares.

30/01/2015 - GILearn estave presente no Workshop Internacional: Changing Consumer Behavior to Promote Healthier and More Sustainable Diets

GILearn estava presente no Workshop Internacional: Mudança de Comportamento do Consumidor para promover dietas mais saudáveis e sustentáveis, que se realizou no Porto, na UCP-ESB no dia 30 de Janeiro de 2015.
O workshop incluiu como orador principal, Kees de Graaf, com uma apresentação sobre "Mudança do Comportamento do Consumidor e Saúde, Bem-estar". De Graaf é professor em Ciências Sensoriais e Comportamento do Consumidor do Departamento de Agrotecnologia e Ciências dos Alimentos, Universidade de Wageningen. O workshop foi muito bem participado com mais de 60 pessoas de organizações de educação, investigação e da indústria. A ANIL, um dos Parceiros Associados do GILearn estave presente, e o evento também foi uma oportunidade relevante para contactos em áreas relevantes para a Ciência do Consumidor e Comportamento do Consumidor.
http://www.porto.ucp.pt/sites/default/files/files/Biotecnologia/eventos/workshop_industria_prog.pdf


15/01/2015 - Formação de Consumidores em Produtos com Denominação de Origem - o programa

O programa do curso foi especificado de forma a dar a conhecer aos consumidores os produtos com denominação de origem, a partir dos conceitos gerais e enquadramento, e incluindo as questões de autenticidade e qualidade. Relevância especial será dada à avaliação sensorial dos produtos alimentares.
Módulo I: Introdução ao Produtos com Denominação de Origem
Tópico I -Uma visão geral
Tópico II - Quadro da UE - políticas e legislação (DOP, IGP, ETG)
Tópico III - Autenticidade
Tópico IV - Qualidade
Tópico V - Avaliação Sensorial

No Módulo II, em diferentes países, diferentes produtos com denominação de origem foram seleccionados, como queijo, presunto, azeite ou carne de rena, e o Módulo irá incluir como Tópico I - uma introdução ao tipo de produto alimentar seleccionado em cada país, em seguida, uma apresentação de vários tipos desses produtos, e terminará com um Tópico sobre Avaliação Sensorial, que inclui uma sessão de degustação remota e sessão final sobre a avaliação sensorial guiada por especialistas na área.


01/01/2015 -Metodologia para Formação de Consumidores em Produtos com Denominação de Origem Geográfica

A Formação de Consumidores Produtos Alimentares com Denominação de Origem Geográfica foi cocebida para ser desenvolvida numa abordagem de aprendizagem combinado: parte do curso será totalmente implementado com base numa plataforma de e-learning (Moodle - Learning Management System); e outra parte, relacionada com a experiência de degustação, será desenvolvida presencialmente, com base em recursos adequados como seja uma Sala de Análise Sensorial. Esta abordagem resultou de uma aprofundada análise de necessidade de fornação realizada previamente.
A abordagem metodológica estará focada em promover Collaborative Learning, utilizando diferentes ferramentas da plataforma de e-learning, a serem explorados para apoiar a interação e colaboração, com os formadores, mas também entre os consumidores, dinamizando o desenvolvimento de uma comunidade de aprendizagem specializada no Consumo de Produtos com Denominação de Origem.


25/09/2014 - GILearn presente no Congresso Internacional - Tecnologias e Serviços para o Sector agro-alimentar

O projecto GILearn estave presente no Congresso Internacional - Tecnologias e Serviços para o Sector agro-alimentar que teve lugar no CNEMA, Santarém, entre 25 e 26 de setembro de 2014.
O Congresso incluiu um Brokerage Event onde diferentes projetos nacionais e internacionais, estiveram presentes, organizado pelo Agrocluster Ribatejo e o Inovcluster, procurando promover o desenvolvimento do sector agro-alimentar e aumentando o valor acrescentdo dos produtos e a sua capacidade de contribuir para as exportações europeias.
O projeto suscitou interesse em diferentes produtores associados não só com produtos com denominação de origem, mas também com produtos em que a avaliação sensorial é vista como uma área-chave de valor acrescentado.
Mais informações: http://www.agro-negocio.pt/


10/12/2014 - Próxima Fase, o curso em regime de e-learning está em construção!

O grupo GILearn está agora a trabalhar no desenvolvimento de um programa de formação e nos materiais de formação, a componente do projeto, WP4 – Formação, liderado pela ESB-UCP, a Escola Superior de Biotecnologia da Católica Porto, parceiro Português do projeto. O grupo de trabalho está concentrado na elaboração do programa em e-learning.

O curso será ativado na primavera de 2015 e estará aberta a pelo menos 30 participantes em cada país parceiro envolvido no projeto. Os métodos de inscrição e os critérios de seleção serão anunciados no futuro próximo


01/06/2014 - Utilizando os resultados do levantamento das necessidades de formação para vencer o desafio do Projeto GILearn.

Os cinco fatores críticos que emergiram do levantamento de necessidades de formação são:

1. As lacunas na informação sobre os produtos.
2. Os consumidores mais informados preferem comprar este tipo de produtos diretamente no local de produção ou a produtores da sua confiança.
3. Os consumidores costumam atribuir valor parcial ao selo de certificação da qualidade.
4. A proposta de um curso de formação on-line sobre a análise sensorial de produtos com denominação de origem é muitas vezes recebida com ceticismo. É valorizada a partilha real, e não virtual, da experiência sensorial de provas destes produtos.
5. O valor acrescentado do selo de qualidade nem sempre é claramente percebido pelos consumidores.


14/05/2014 – Pontos fortes e pontos fracos relativamente aos produtos com denominação de origem: o ponto de vista dos stakeholders.

As entrevistas mostram que os diferentes stakeholders reconhecem as características distintivas dos produtos com denominação de origem como a sua principal força. Por outro lado, como principal fraqueza foi identificado o baixo nível de conhecimento, por parte dos consumidores, relativamente ao selo de qualidade e seu significado, devido à falta de iniciativas de comunicação e promoção efetivas e mais abrangentes.

A falta de reconhecimento de características específicas dos produtos com denominação de origem levam a que os mesmos sejam menos competitivos e assim excluídos dos mercado, prejudicando o nível de produção e, consequentemente, a perda de património cultural e gastronómico. Em resposta a este fenómeno, o fortalecimento da comunicação e da informação dirigidas aos consumidores foi identificada como uma grande oportunidade de para promover o valor deste tipo de produtos. Este resultado confirma a importância da estratégia centrada no “conhecimento” no que respeita ao desenvolvimento de todo o sistema de reconhecimento da qualidade dos produtos alimentares.


29/04/2014 - 2ª Reunião em Helsínquia


A segunda reunião do projeto realizou-se em Helsínquia, no final do mês de Abril, após o primeiro semestre do projeto, nas instalações da Universidade de Helsínquia - Vikki (MTT). A reunião durou um dia de trabalho, durante o qual os resultados do Levantamento de Necessidades de Formação foram apresentados pelo parceiro responsável, a QUALIVITA. Foram também discutidos o programa e conteúdo do curo de formação, as actividades de disseminação foram revistas e o site do projeto foi apresentado.


14/04/2014 – Perceção relativamente a produtos com denominação de origem e hábitos de consumo: a importância do fator “conhecimento”.

Quanto maior o nível de conhecimento sobre os produtos com denominação de origem e as suas características, maior é a disponibilidade para a compra.
De facto, os consumidores mais informados prestam mais atenção à qualidade global do produto, associada às matérias-primas utilizadas, ao território de origem, às garantias oferecidas pelos controles e rótulos e, portanto, são mais propensos a comprar produtos com denominação de origem. Pelo contrário, o critério de escolha para os consumidores menos informados continua a ser o preço, que também é indicado como a principal razão pela qual os produtos com denominação de origem não são adquiridos, uma vez que são geralmente percebidos como mais caros.


31/03/2014 - A tarefa relativa à análise das necessidades de formação chegou ao fim: mais de 80 consumidores e 25 stakeholders envolvidos na primeira etapa do Projeto GILearn.


A análise das necessidades de formação foi desenvolvida durante os primeiros seis meses do projeto tendo-se concluido em abril passado. Os resultados, descritos num relatório final, representam as diretrizes e elementos de referência para a concepção de um curso de formação eficaz num regime que contempla uma componente presencial de prova orientada.
As atividades realizadas em cada país parceiro envolveram mais de 80 consumidores em dinâmica de focus-group e 28 representantes de entidades reguladoras e outras partes interessadas através da realização de entrevistas estruturadas.
Esta tarefa constituiu uma importante oportunidade de apresentar o projeto aos participantes-alvo e avaliar o nível de interesse relativamente à proposta de um curso de formação sobre esta temática.


21/11/2013 - Projeto GILearn oferece "degustações guiadas" para consumidores.


A actividade de formação mais inovadora prevista no projeto GILearn consiste num novo conceito de "degustação guiada" de produtos com indicação de origem. Esta nova abordagem permite que os participantes realizando o sabor dos produtos DOP em casa seguindo as indicações para uma boa execução. Por isso, os formandos serão capazes de apreciar as características sensoriais específicas de produtos DOP


21/11/2013 - Reunião de arranque do projeto em Valencia

A reunião de arranque do projeto decorreu em Valencia
em Novembro passado nas instalações da AINIA. A reunião durou um dia intenso de trabalho, o qual cobriu a seguinte agenda:
- Visão geral do projeto feita pelo coordenador, incluindo assuntos financeiros e de gestão,
- Apresentação geral de cada workpackage pelo respectivo líder, contribuindo com a sua visão relativamente às tarefas e atividades previstas;  
- Apresentação da plataforma Moodle como plataforma para a formação;
- Discussão e conclusões.

Foi dado um enfoque especial às actividades previstas no âmbito da workpackage 3 – Levantamento das necessidades de formação - no que respeita aos detalhes da metodologia proposta, perfil das pessoas a envolver, entre outros. Foi descrita uma primeira estrutura provisória dos cursos.


01/11/2013 - Apresentação do Projeto

O GILearn-Promoção do Conhecimento dos Consumidores sobre Produtos com Indicação Geográfica - é um projecto de formação de adultos sobre produtos com indicação geográfica. O seu principal objetivo é promover a aquisição de conhecimentos relativos aos produtos com indicação geográfica de modo a que os consumidores europeus os valorizem, sobretudo as suas caracterisitcas sensoriais únicas.
Como objectivos secundários, espera-se promover este tipo de produtos preservando o processo tradicional e a produção sustentável.

   



GILEARN PROJECT - Consumer Learning to Enhance the Knowledge of Products with Geographical Indications
Lifelong learning programme